Category Noiva

O pedido que (por vezes) define a história…

Eu acredito verdadeiramente que um relacionamento é feito de memórias. Pequenas coisas que vão se acumulando com o passar dos dias e nos fazem não querer desistir de ser parte atuante de dois – e não coadjuvantes de uma relação “minha vida + a sua”. São os pequenos gestos, palavras e/ou atitudes que se fixam dentro da gente de maneira tão profunda que impedem que, em momentos de diferenças entre o casal o todo se perca, sabe?!

Para a grande maioria das mulheres, o pedido de casamento é um destes (raros) momentos que podem ter influência no sucesso de uma história de amor. Afinal, que mulher não contempla o mínimo que seja de romance para uma (longa) vida a dois? Se você, caro leitor do sexo masculino está por aqui saiba que este é O (com letra maiúscula!!) momento para se demonstrar o quanto você conhece a mulher que está ao seu lado…

post-01-01

Um pedido meloso, dramático e “chamativo” para uma mulher extremamente desligada ou tímida acabaria mais em desconforto do que felicidade, como também não seria nada interessante para uma mulher extremamente romântica que a compra do seu anel de noivado fosse corriqueira, como quem vai ao shopping e compra um relógio. Para ela, mais importante do que a “caixinha azul”, preta, branca ou vermelha é o “enredo”.

Certa vez, em meio a um jantar entre amigos queridos começamos a divagar sobre isso: relacionamentos, noivado, … e foi colocado a mesa (a grosso modo) que as mulheres poderiam ser “divididas” em “segurança ou emoção”. De um lado, a mulher que somente a segurança de uma aliança na mão, um papel assinado no Cartório ou uma data agendada seriam suficientes, e do outro  (alô, olha eu aqui!) as mulheres em que as formalidades seriam somente isso: formalidades…

O que este “segundo grupo” deseja mesmo é surpresa, lágrimas, emoção, criatividade, interesse genuíno, demonstração de afeto aliada ao conhecimento da alma de quem você diz que ama. Too much? Acho que não. Fato é que continuaremos a nos surpreender com o nosso companheiro(a) ao longo dos anos: ele muda, a gente muda, a vida muda! Mas, como “começar a vida” ao lado de alguém que está tão distante dos seus sonhos, das suas expectativas de “felicidade”? Amar requer também um pouco de esforço: de comover o coração do outro.

post-01-02

Pode ser no lugar onde vocês trocaram o primeiro beijo, em algum lugar  importante para a história do casal, no carro a caminho da viagem dos sonhos ou debaixo da água; em um passeio de mãos dadas ou durante um passeio de helicóptero; sentados na praia admirando a lua ou ao acordar – na cama que já é de vocês dois. Debaixo da Torre Eiffel, dentro da Tiffany ou do avião – não importa. Para mim, já bastaria o clichê de se fazer ajoelhado – não por submissão, mas por amor.

E “o pedido” já não é por si só um ato nobre, de cavalheirismo?!

post-01-03

Fatores como disponibilidade, dinheiro e local onde se mora certamente têm o poder de retardar a grande proposta, então aqui fica a minha (humilde) dica: repare e valorize a pessoa que está todos os dias ao seu lado. Não deixe que a pressa, a insegurança ou as dificuldades da vida atinjam este momento que deve ser inesquecível. Timing é realmente um dom, uma habilidade mas às vezes precisamos sim permitir que os dias corram mais lentos e o tempo faça a sua mágica para que o “começo” seja tão encantado quanto a futura convivência em si…

No fundo, toda mulher deseja um pedido “de cinema”: daqueles que arrancam lágrimas em meio ao brilho dos olhos, que nos fazem ter vontade de congelar a cena (para que nem o in-ter-va-lo-da-res-pi-ra-ção se perca), e que sejam maiores, beeem maiores do que tudo em volta. Se a dois ou com uma multidão observando depende de você, do que você “descobriu” sobre ela. Mas que seja digno de ser acompanhado por uma orquestra mental de fogos de artifício e de ser contado para os netos!

Caso você  precise de um pouco de inspiração vale ter paciência e checar este vídeo… e se você acredita que “aquela” pessoa especial necessita de um empurrãozinho no quesito criatividade envia por e-mail … vai que, né ?! rs

Agora, se AINDA ASSIM (!!!) não surtir efeito faça como eu: fale (em momento oportuno, hein?! rs) que se ele não tiver dinheiro suficiente para o diamante, que serve um Manolo Blahnik colocado delicadamente no seu pé – com ele ajoelhado – acompanhado de uma frase impactante de amor e um olhar a la Mr. Big! Negócio fechado?! rs

Justin and Emily: The Proposal

Não esqueça da noiva que você sonhou ser !

Noiva busca idéias em milhões de lugares. Na minha época as minhas maiores fontes de inspiração foram as revistas Vogue e Manequim Noivas. Me recordo de querer ser uma noiva como aquelas que eu via nestas revistas: etéreas, quase celestiais…

Um passo muito importante para que este tipo de coisa se concretize é contratar um bom fotógrafo e conversar abertamente com ele – sem medo, sem receios ou pudor de dizer como você deseja ser vista. No primeiro quesito eu acertei em cheio: a minha foi a TOP Patrícia Figueira. Todavia lembro de conversar com ela por horas relatando todos os detalhes da decoração e afins que não poderiam ser deixados de lado (enviar uma lista com estes detalhes também é uma ótima opção para que nada se perca), e que foram minuciosamente pensados, mas esqueci o mais importante: falar de mim, do meu sonho enquanto noiva, “modelo” vivo a ser registrado.

O fato de tê-la escolhido acabou por minimizar este contratempo, pois apesar da minha timidez (que é somente para fotos ! rs) ela conseguiu arrancar poses que até hoje eu me vejo namorando e penso: sou eu mesma ?! Ela cantava, ria, brincava e fazia de tudo para que o cenário contribuísse positivamente para o meu relaxamento, meu momento Gisele !

Hoje, quando me pego pensando friamente sobre isto, vejo o quanto fui boba em não mostrar para ela a noiva que eu sonhei ser ! Porque acaba que quando noiva e fotógrafo estão sintonizados, o tempo (escasso) para as fotos anteriores à cerimônia ganha novo sopro de esperança, e se alastra para a criatividade do profissional que está ao seu lado.

blog manu goncalez fotografias 03

Talvez seja somente a maturidade que vem com o tempo, e nos deixa livres para dizer o que se quer, como, onde e que horas, embora eu me ache uma pessoa extremamente objetiva e resolvida sobre quem eu sou e o que eu gosto. E o seu dia de noiva é muito atípico, você nunca viveu aquilo, aquela sensação: o coração bate diferente, menos cadenciado e você acaba se deixando envolver por aquele momento e não o contrário, quando você deveria “guiar” o ensaio e deixar a emoção somente para as fotos espontâneas, viscerais, sentidas de pronto !

Eu sonhei ser uma princesa moderna: clássica, mas sem perder o brilho descontraído que poderia surgir do meu humor e entusiasmo no grande dia. Ela apareceu nas fotos ?! Sim. Embora não por mérito meu … eu queria ter sido a noiva campestre no balanço, a noiva da realeza sentada distraída em uma cadeira renascentista, a noiva brincalhona que pula na cama com as amigas, a noiva (filha) que registra a aliança junto com as da mãe e da avó … eu queria ter deitado na grama, eu queria ter brincado com os milhões de doces que eu contratei, eu queria ter dançado, me lambuzado de bolo, criado um cenário romântico com sombrinha de antigamente, eu queria ter uma foto sensual com uma liga de casamento.

blog manu goncalez fotografias 01

Já parou pra pensar nas fotos que você sonha ver no seu álbum ? Qual aquela foto secreta que você namora sozinha e gostaria de fazer (nem que seja somente para usar como fundo de tela do notebook ou do celular) ?! Aquela que você não teria coragem de colocar no álbum, mas adoraria ter guardada em casa, para admirar-se de vez em quando ?!

blog manu goncalez fotografias 02

Não esqueça da noiva que você sonhou ser … e o principal: conte sobre ela para o seu fotógrafo !

Case-se de novo com a pessoa certa: você

Quem casa pela segunda vez não casa com o outro, casa consigo. Casa com todos os erros que cometeu e não quer repetir, e com todos os outros que ainda irá cometer; não por falta de maturidade ou aprendizado para o novo relacionamento, mas simplesmente porque não há como praticar todos eles com a mesma pessoa. Também porque às vezes precisamos conferir se aquilo era um “erro” mesmo ou apenas não funcionava antes…

Quem decide casar de novo não está mais tão preocupada em usar vestido de noiva longo, e véu, e grinalda – “como manda o figurino”, porque o curto já é suficiente pra sentir-se maravilhosa e mostrar para todo mundo que as pernas continuam em dia, sim senhor !, e que você quer ter estilo, mais do que uma simples relação no papel pra falar que tem.

blog da Manu case-se de novo vestidos de noiva curtos

A pressão social de “dar uma festa” para oficializar a união abre caminho para a união que nem precisa ser oficializada (porque estar junto já basta), e a gente casa mesmo só pra comemorar a felicidade com mais do que dois. Pode ser de branco, de bege, rosa ou estampado: contanto que você esteja linda, e o noivo te ache “gostosa”. rs No cartório,  jardim, na casa de festas ou na sua própria casa invista tempo: no seu sorriso, e na segunda chance que você ganhou (ou deu a si mesmo) para o amor. E o dinheiro fica pra comida, que nem precisa ser chic e refinada, desde que tenha no cardápio um dos seus pratos preferidos, que te faça recordar o por quê VOCÊ está ali e não pra QUEM.

blog da Manu case-se de novo lugares

Para o segundo casamento não há protocolo ou regras. Você pode fazer o seu evento com tudo o que tem direito, e nada do que não queira, caso já tenha tido uma festa de casamento anteriormente. Bom senso, esse não preciso comentar: já era exigido desde o primeiro ! rs. O noivo (novo) nem precisa mais ser príncipe (pode até ser sapo !! rs), mas deve saber  a honra que é ter você ali ao lado dele – uma mulher que decidiu casar de novo – agora com ela mesma, mas permitiu que você participasse deste momento, em que, mais do que ser “noiva” ela quer ser sua.

blog da Manu case-se de novo - noivos

Seja de batom vermelho ou nude, vestido longo ou curto, cabelo solto ou preso com flor, de manhã ou a noite, somente no civil ou com a festa dos seus sonhos – nada disso importa.  Escolha uma produção que valorize a mulher que você é, que você se tornou e case-se de novo com a pessoa certa: você, e o convite estará no seu nome e do seu noivo convocando as pessoas queridas para celebrarem esta nova união, onde feliz com quem você é, passa agora a ser feliz também com alguém !

blog da Manu case-se de novo vestidos modelos

Liga de casamento: ela ainda vai envolver a sua cabeça …

Uma tradição — ainda pouco usada no Brasil relaciona o futuro do casal e dos seus convidados a um detalhe íntimo do look da noiva: a liga ou garter (tecido franzido que envolve uma das coxas da mulher). Na Europa e nos Estados Unidos esse acessório não está mais restrito às núpcias e é o principal objeto de uma brincadeira chamada “o jogo da cinta-liga”.

blog da manu gonçalez liga de casamento 01

Ela é muito semelhante ao famoso momento de cortar a gravata do noivo e pedir ajuda financeira em troca dos pedacinhos do item, que hoje divide a opinião dos especialistas entre “divertido” e “deselegante”. Ao invés de ser feita em pedaços, a liga é leiloada entre os convidados do sexo masculino — em especial aqueles que desejam ficar bastante tempo solteiros ! rs

Outra versão da brincadeira manda apenas que o noivo jogue a liga para que os seus convidados disputem o objeto entre si, da mesma maneira que ocorre com o bouquet e as convidadas solteiras presentes no casamento.

Mais do que uma brincadeira, acredito que o uso deste acessório se torna especial quando pode:

1) render belíssimas e delicadas fotos no making of ao adicionar charme extra ao look;

2) criar um delicioso momento de intimidade entre o casal, e aguçar a imaginação do noivo – que pode ir a mil, se você contar baixinho pra ele, no momento certo, que ela faz parte da sua produção … (e esse não é nada mais, nada menos, do que um dia do casal e para o casal ?!)

blog da manu gonçalez liga de casamento 02

3) “quebrar” a fragilidade e o tradicionalismo do vestido de noiva, já que ainda é uma peça sensual, que remete ao fetiche masculino;

4) ser um grande aliado no ensaio boudoir (já falamos dele por aqui !), ao garantir todas as vantagens que um ensaio como este traz ao grande dia – diversão entre as amigas e fotos instantâneas diretas para o celular do noivo !! rs

5) fazer parte da identidade visual do seu look, se combinado com as flores da cabeça, ou com o adorno de cabelo, ou até com a cor do seu batom ou bouquet. Afinal, uma produção inesquecível é feita do conjunto de detalhes que a compõe  !

6) fazer você se sentir poderosa e “transgressora” com o seu modelito, mesmo que, por vergonha, opte por não registrá-la …

7) ou, simplesmente, fazê-la sentir-se feminina !

blog da manu gonçalez liga de casamento 03

Diante de tanta criatividade entre os brasileiros, imagina como não serão as milhares de formas engraçadas que os noivos usarão para “arrancá-las” das pernas das noivas, caso esta moda pegue por aqui ??!!! rs Faça deste momento algo único, inusitado e divertido para vocês ! Os fotógrafos agradecem …

blog da manu gonçalez liga de casamento 04

Em favor de uma pisada mais fashion !

Eu sou viciada em Sex and the City. Primeiro porque é uma série sobre mulheres independentes. Segundo porque  fala sobre moda. E terceiro porque trata de relacionamentos, e de amor (ou a falta dele). Mas eu não estou no grupo que passou a reconhecer Choos e Manolos (os famosos sapatos Jimmy Choo e Manolo Blahnik) por causa da Carrie (personagem da Sarah Jessica Parker) – apesar de (confesso) ter desejado por inúmeras vezes um charmoso “Mr. Big” pra mim – sem as traições e sumiços ! rs. Eu já babava por eles antes. Infelizmente, ou felizmente para a minha conta bancária, “Deus não dá asas à cobra”e eu vim ao mundo com uma pisada 33 ! Lembram do episódio “A woman’s right to shoes“, onde a Carrie criava uma lista de casamento “dela com ela mesma” que continha um item somente – um baphônico Manolo ?! Me peguei aqui pensando: será que esta idéia cola no Brasil ????!!!! rs

Blog da Manu Sex and the City

Hoje resolvi falar sobre sapatos, especificamente para as noivas que ainda insistem na idéia de deixá-los por último no ckeck list, já que “eles vão ficar escondidos o tempo todo mesmo”. Acreditem, muitas noivas não forram um sapato velhinho pelo conforto (um ótimo argumento quando forrados com uma roupinha estilosa ! rs). Geralmente o fazem no intuito de economizar no orçamento. Ok, eu também não acho que eles sejam a peça maaaais importante do look, afinal, eu sou a mulher das bolsas, e não dos sapatos de cristal, mas … levanto a bandeira em favor de uma pisada mais fashion !!

Você desce do carro, sobe os degraus da Igreja, da Casa de Festas, você dança, mexe o vestido, e ele está lá, dando as caras ! Você pode até escondê-lo do fotógrafo no making of, mas de resto … não dê atenção a este acessório e ele derrubará você, literalmente !! O conforto é o principal quesito, sempre, e ele deve aliar-se ao estilo e personalidade da sua produção. Entenda, e vamos conversar baixinho aqui para que os nossos namorados, ridos e maridos não nos ouçam … eu sou como vocês !!! Eu também já comprei uma sandália (ou sapato) deslumbrante que desde o momento em que você a coloca no pé sente machucar … e você compra mesmo assim !!!! Por que ?! Porque a gente PRECISA desfilar com ela ! rs Mas aqui falamos do seu casamento, e dor = cara de “Bela – a feia” nas fotos !!! Vai deixar ele derrubar seu dia de princesa ?!

Avalie:

1) Se ele a deixa confortável (caso necessário “amacie” o modelo no pé, semanas antes). O recomendável para isto é uma altura de 7,5 cm, e se a noiva desejar ficar mais alta, plataforma – uma pulseira no peito do pé ajudará a segurá-lo, já que a plataforma tira a flexibilidade do calçado.

Blog da Manu sapatos noivas

2) Se ele combina com o modelo do seu vestido (fechado, longo, curto, sexy, …) e com o SEU estilo principalmente – você estará VESTIDA de noiva e não “fantasiada” de ! Scarpins pedem vestidos mais tradicionais, peep toes são coringas e casam com looks românticos e modernos. Sandálias abertas são uma boa escolha para casamentos no verão e vestidos mais leves, e por aí vai !

Blog da Manu - Peep Toes & Scarpins

3) Caso opte por um modelo colorido, avalie se ele transitará igualmente elegante entre a cerimônia e a recepção, e evite combiná-lo com as cores do décor por exemplo. O ideal é que ele seja a peça fashion do seu look, então cuidado para não cometer exageros compondo-o com o bouquet, cor dos lábios, do esmalte, tudo ao mesmo tempo ! Se você é uma noiva clássica, não use cor “porque está na moda”. “A moda sai de moda, o estilo jamais” e você precisa se reconhecer (e admirar-se) daqui a muitos anos nas suas fotos e no seu vídeo !

Blog da Manu sapatos coloridos para noivas

4) Equilíbrio é fundamental ! Vestidos com muitos detalhes, bordados, aplicações e relevo pedem calçados mais clean, sóbrios, sem muita interferência. Excessos permitidos para o evento – por Manu Gonçalez Cerimonialista: beijos, carinhos, romance, emoção … e bem casados !! rs

Blog da Manu sapatos simples

5) Casamentos na praia ou no campo sempre suscitam dúvidas. Se você optou por este cenário e não suporta a idéia de rasteiras, sapatilhas ou sapatos flat, se permita no máximo 3 (três) centímetros a mais de altura e evite acidentes !

Blog da Manu calçados rasteiros

Os sapatos podem até não ser o protagonista do seu dia de sonho, mas, permita-me uma sugestão: ajuste-os a sua caminhada e permita que eles brilhem com você rumo ao altar !

Noivas inteligentes usam disfarce

Blog Manu Gonçalez noivas fofinhasRecebo muitas idéias de posts pela fan page, todavia me surpreendeu a quantidade de mulheres pedindo para que eu reunisse imagens de vestidos e dicas para noivas que estão acima do peso. Confesso que protelei por algum tempo em escrevê-lo, afinal eu estou no grupo das noivas que passam os meses que antecedem o casamento de “boca fechada” (ou, pelo menos, na tentativa de). Daquelas mulheres na incessante busca pelo “38 Animale”, sabe ?! Sim, porque existem duas categorias universais: o 38 humano e o 38 barra Animale. Se você já é uma sortuda 38, na loja Animale você com certeza usará 40, às vezes 42. “Ajuste-se ou esqueça !” eis um slogan apropriado para ela ! rs

Esse incômodo se foi quando eu me dei conta de que não ia escrever sobre “noivas gordinhas”, mas sobre as noivas que não desejam se ajustar a padrões no dia do seu casamento. Mulheres que querem reconhecer o seu rosto e o seu corpo nos registros e se recusam a passar os meses que antecedem o grande dia de mau humor ! Que a minha nutri (nutricionista) não me ouça, mas … já basta o estresse e nervosismo de ficar “a mais bela de todas” para o seu futuro marido, não ?! Prescrição da Manu: um brigadeiro gourmet, duas vezes ao dia, todos os dias, pra relaxar !! rs

Você é a noiva que vai se casar sem abrir mão da sua cota extra. Sabe quando a gente viaja e quer passar na Alfândega despercebida com a bagagem adicional, totalmente imune aos olhos dos fiscais que querem arrancar reais a mais do nosso já estourado orçamento ? Então. O que nós fazemos ?! Nos disfarçamos de “pessoas que viajam para adquirir cultura”! rs Disfarce !! E noivas inteligentes usam disfarce ! O fiscal da Alfândega no Universo Casamento é o fotógrafo, e as pessoas que ficam atrás de você na fila, loucas pra você ser parada e elas passarem são os convidados do seu casamento.

Muitas das dicas abaixo já são usadas por vocês diariamente, afinal, quem está acima do peso acaba por adotar o estilo David Copperfield de ser ! rs A idéia então será relembrar para evitarmos deslizes …

1) Fuja dos vestidos de noiva com muito volume na saia ! O ideal são as saias levemente enviesadas, no formato A, que se abrem a partir da cintura e disfarçam os quadris. Saias com tecido drapeado são um ótimo truque para afinar a silhueta.

2) Se você (como eu) odeia os seus braços “dia sim, dia não” vá de manguinhas !  Para não errar na escolha evite tecidos pesados e mangas fechadas demais: tule, organza e crepe são ótimas escolhas. As rendas, super em alta também são boa opção: não abra mão de desenhos delicados. E se preferir use bolero – uma opção elegante e bem versátil.

Blog Manu Gonçalez noivas fofinhas braços 4

3) Decotes em V são ideais para o seu modelo de vestido, lembrando que não devem ser muito profundos: você deseja ser uma noiva princesa, e não piriguete ! rs Prefira as alças largas para dar sustentação aos seios, caso Deus tenha lhe  poupado da necessidade de um silicone !

Blog Manu Gonçalez noivas fofinhas decote em V

4) O tomara que caia não é a melhor versão de você, todavia, se este é o modelo dos seus sonhos, ilusionismo nele !! Use uma estola de tule por cima, ou  já acoplada ao vestido para disfarçar os braços, ao mesmo tempo em que realça o colo através da transparência.

5) Evite os tecidos brilhantes, que dão impressão de volume no corpo. O mesmo para bordados, texturas e relevos em excesso. Opte por tecidos foscos, pedrarias discretas e rendas.

Blog Manu Gonçalez noivas fofinhas vestidos

6) Conforto é o seu nome ! Não entre na “pegadinha” de tentar emagrecer com vestidos apertados na cintura. Existe o vestido modelo império para isso, que dará este efeito acinturado, marcado logo abaixo dos seios, sem deixar “gordurinhas pulando” para a fiscalização (ou fotógrafo neste caso ! rs).

Blog Manu Gonçalez noivas fofinhas vestidos de alça

7) Minhas parceiras de salto, amadas baixinhas: vamos evitar os plissados e recortes horizontais ! Caudas longas achatam ainda mais o nosso corpitcho !

8) Branco não aumenta ou marca a barriga, colorido sim ! Se você não abre mão do brilho, use-o em locais estratégicos que não a cintura, seios e quadril, dando destaque ao que lhe valoriza !

Blog Manu Gonçalez noivas fofinhas 4

Para finalizar uma make leve, com dois tons de base: uma da cor da sua pele e outra mais escura, para afinar as maçãs do rosto e disfarçar o “papinho”. Cabelos curtos ou presos em coques altos, para alongar o pescoço e reduzir o volume nos ombros (esse é o ideal, mas nada impede que você deixe os cabelos soltos se eles são a sua marca registrada !). Evidencie no seu rosto o que lhe destaca: olhos ou boca, e nunca, jamais use o dia do seu casamento para “testar” um novo estilo de maquiagem. Afinal, noivas inteligentes usam disfarce, mas noivas irresistíveis não abrem mão de se mostrar como realmente são !

Moda e casamento: maxi colares para o look noiva

Há quem defenda a idéia de que casamentos não seguem moda. Que eles possuem um conceito atemporal e que as inovações vistas em décor e alguns protocolos não conseguirão atingir o quesito vestuário –  a unânime preferência por looks mais clássicos e tradicionais. Talvez. Começo a perceber uma crescente inquietação por parte das noivas em desfilar modelos personalizados, modernos e que sejam uma extensão do estilo das mesmas no seu dia a dia.

Noivas tatuadas que desejam valorizar as suas “marcas” com vestidos abertos, noivas baixinhas que não abrem mão dos curtos e um sapato estiloso pra combinar, noivas ousadas que abusam da sensualidade em transparências e costas nuas : noivas que não abrem mão da sua identidade pra serem noivas !

Eu já sou do tipo “noiva-menos-é-mais”. Cores sóbrias estão presentes na minha casa e no meu armário, nunca fui uma mulher de muitas cores. Não por insegurança de errar: gosto muito de azul, por exemplo. Mas preto e branco – esse extremo, sempre me encantou. E deixo para pontuá-los com os coloridos: uma bolsa para o look, um vaso para a casa.

blog manu gonçalez moda casamento colares 02

Essa semana fiz a minha mais nova aquisição colorida: um maxi colar verde esmeralda, para compor com todas essas peças clean que eu tenho. E comecei a refletir que apesar de terem surgido por aqui em 2010 somente de um ano pra cá ganharam espaço e forma no pescoço das mulheres. E eu que sempre fui fã das peças pequenas e delicadas, me rendi totalmente a exuberância deste acessório !

blog manu gonçalez moda casamento colares

E por que não trazê-los para o universo noiva ?! Se você (assim como eu) se identifica com vestidos sem excesso, e prefere o impacto de um detalhe ao acúmulo de informações no modelito para o grande dia deixe os maxi colares envolverem você ! O casamento pode até não seguir moda, mas isso não quer dizer que você não possa ter a moda no seu casamento …

O melhor do passado ficou por lá ?

Minha mãe sempre diz que eu tenho “espírito de velha”. Ok, confesso que existe em mim um saudosismo latente com relação a alguns hábitos, modos e vestimentas do passado … Quando falamos em casamento por exemplo, vemos a enorme quantidade de hábitos e regras que se perderam, para abrir caminho às soluções criativas e inovadoras que nos encantam hoje em dia. Mas por que somar de um lado e reduzir do outro ?

blog Manu Gonçalez casamento tradicional 03

Pode ser que somente eu, com este meu espírito “antiguinho” perceba isso, mas já reparou como o cronograma dos casamentos está cada vez mais acelerado ? Comecemos com a entrega dos convites : eles vão pelos Correios ou por e-mail. O jantar de noivado está cada vez mais raro. Pedir a mão da noiva ao pai, ou pessoa “responsável”, nem se fala ! Pra quê ?! Os noivos decidem, os noivos pagam, os noivos aceitam a mão um do outro. Vamos escolher as alianças juntos ? Ninguém quer ter surpresa desagradável ! Casar custa caro. Muito caro. Então vamos fazer um chá bar, que já reduz o orçamento sem o chá de panela, lingerie e despedida de solteiro dos dois lados. Enxoval a gente escolhe pela internet, vai clicando. Não se perde mais tempo indo às lojas para admirar, “sentir”os objetos nas mãos, imaginar todos eles na sua casa. Marca e pronto, fecha a lista. Pede mais de um item de cada coisa, hein ?! Depois a gente troca por dinheiro (crédito). Padrinhos e madrinhas mal sabem das escolhas para o grande dia ! Estejam lá na hora, com a roupa escolhida para não enfear o altar e provem sua amizade. E se forem amigos especiais, que participem do making of ! Saída dos noivos. Você viu ?! Alguém deu tchau ? Os convidados têm hora, compromisso no dia seguinte e foram embora antes da festa terminar. E não precisa importunar os noivos na pista de dança com despedidas, vai sair na foto e fica feio. Nesse casamento não deram havaianas ?! Que horror ! “Eu escolhi esse sapato só porque combinava, está um desconforto ! Não vou nem poder dançar !”.

Eu tenho saudades de um tempo que eu não vivi. Por isso meus convites foram entregues em mãos, eu cumprimentei a todos na chegada e na saída, me preocupei em saber se todos estavam sendo bem servidos e se estavam tendo uma noite agradável. Minha lista foi feita na loja e eu sugeria aos que me perguntavam o que eu queria “meu presente será você, na minha celebração; não deixe de ir”. Talvez por isso eu tenha contabilizado 9 (nove) faltas somente. E olha que a data caiu no meio de um feriado de quatro dias, e teve final do Flamengo na hora do casamento !! rs Os (poucos) meses que se antecederam a data  foram de  longas conversas a noite – como eu gosto, entre os amigos padrinhos, dividindo o que estava sendo sonhado para todos.

blog Manu Gonçalez casamento tradicional 01

Queria mesmo era ter casado na época em que se falava na Igreja “alguém dos presentes é contrário a esta união ? Que fale agora ou cale-se para sempre”. E sentia-se aquela expectativa boba no ar … Quando todos os convidados iam para a porta ver o casal partir. E a noiva trocava de roupa, porque os noivos iam direto para a lua de mel, cansados, mas felizes. Onde o carro estava sempre enfeitado com frases carinhosas e engraçadas, e cheio de latinhas barulhentas penduradas – uma “lembrança” dos padrinhos e familiares, que em algum momento onde os noivos não perceberam deram uma escapulida da recepção. Em um tempo onde havia “drama” e lágrimas na despedida entre pais e filhos, como se eles nunca mais fossem se ver.

Sim, eu tenho “espírito de velha” … e sei que nem todas estas coisas podem ser feitas atualmente, porque a moda é outra e a tendência seguiu mais rápido. Muita coisa pra melhor, sim ! Liberdade para criar e ousar, que nunca será demais. Mas sempre irei sugerir as minhas noivas que resgatem algo do passado, algo que se perdeu, e que para elas continua sendo um hábito especial…

blog Manu Gonçalez casamento tradicional 02

(Ainda bem que me restou o arroz !! rs)

blog Manu Gonçalez casamento tradicional 02 chuva de arroz

Cabelo curto é “teaser de personalidade” …

Eu li isso uma vez em alguma revista. Frase dita por um homem na faixa entre 30 e quarenta anos. E isso tem tempo, então, você percebe que re-al-men-te me marcou. Talvez pelo fato de amar cabelos curtos, ou somente pelo fato de apreciar homens que fogem do senso comum, não sei. O que eu sei é que cabelos curtos me encantam ! Ver um “bom corte” desfilando na minha frente sempre me traz a tona o pensamento de que aquela, com certeza é uma mulher de opinião. Você pode achar besteira, mas reduzir o cabelo (ainda mais no RJ) é o mesmo que reduzir as suas chances de encontrar o seu par, seu sapo pra beijar, ou até o seu noivo ! rs Comprovado está que a minoria dos homens curtem mulheres estilosas. O que eles querem é o cabelão lindo e esvoaçante pra olhar (ou puxar … rs), cheio de brilho reluzente como no comercial de shampoo, daquela moça – sabe ?!, que tenho certeza passou hoooooras esticando, alisando e colocando pomada ou cera nele pra gravar daquele jeito. Agora, vai você falar que precisa gastar trezentos reais (por mês) se ele quer que o seu cabelo balance igual ???!!! rs

blog manu gonçalez casamento cabelo curto 01

O motivo deste post é ver cada vez mais noivas defendendo a bandeira “estou deixando meu cabelo crescer para o casamento”. Por que ?! Se justamente o seu corte de cabelo faz de você a mulher que você é ?!. Cabelo curto é selo de autenticidade ! Da mulher que não gosta de frescura (ou muita frescura), que toma banho, seca (ou não) o cabelo e sai: vai pra rua desfilar ! Feminilidade é postura, não pode ser medida por centímetros a mais de um castanho, ruivo, ou loiro platinado.

blog manu gonçalez casamento cabelo curto 02

Antes de casar com o amor da sua vida, case com você mesma ! Case com todas estas escolhas que definem o seu estilo  e que fazem de você menos uma no “mercado”, mas uma só para a sua celebração ! Torne-se UMA para os seus convidados, e deixe guardada a idéia de que você será uma noiva menos diva, princesa ou delicada por isso. Seja uma noiva singular !!

Cortes curtos são versáteis, modernos, práticos, chiques ! Se você optou por ele … escolha o adorno que melhor casa com o seu formato de rosto e estilo de vida … e diga sim.

blog manu gonçalez casamento cabelo curto 03

Seja você a tendência do seu casamento !

O termo tendência dentro do contexto “moda” traduz-se como uma espécie de mecanismo social que regula as escolhas das pessoas. Uma tendência é portanto um estilo, ou um costume que marca uma época determinada.

Algumas noivas quando me procuram perguntam: “o que está em alta agora em casamento, o que está se usando ?”. Bom, você é o que está se usando. VOCÊ é a tendência do seu casamento. Então eu lhe pergunto: quem é você ?! Qual o SEU estilo ? Como as pessoas a sua volta lhe reconhecem ?

Hoje resolvi falar da diversidade de bouquets oferecidos no meu mundo-casamento.  São modelos de todas as formas e materiais, que por serem tão importantes ao figurino da noiva (mesmo que não sejam flores) sempre suscitam dúvida na hora da escolha.

blog da manu gonçalez bouquet 02

Claro que eles deverão equilibrar-se com o tipo de cerimônia e recepção que você irá oferecer, afinal, até eu que sou a favor das noivas ousadas confesso que seria estranho ver uma noivinha minha com um bouquet de crochê caminhando rumo ao altar na Igreja Nossa Senhora do Carmo … rs

O meu ponto é: queira fazer do seu bouquet uma extensão da sua personalidade ! Imagina eu, Manuella, a patricinha moderna (inventei agora, porque achei que o “moderna” me livra da idéia de vazio e futilidade com que o termo “patricinha” é compreendido ! rs), que mal sabe pregar um botão, sem habilidade manual NENHUMA decidir usar um bouquet de feltro ? Hein ?! No mínimo os meus amigos convidados ficariam desconfiados … rs

Dos modelos atuais, o que mais se adapta ao meu estilo são os de pérolas, ou broches, ou os de tecidos (finos) pontuados por broches. E isso não quer dizer que eu não ache lindos os de botões, os de origami, e todos estes mega originais feitos a mão. A verdade é: eu sou cheia de criatividade, idéias … mas preciso que alguém as execute pra mim !!! rs Então, seria no mínimo contraproducente usar algo assim !

blog da manu gonçalez bouquet 03

Alguns floristas podem sugerir uma “colinha” pra você, por exemplo definir quais são as suas flores e cores preferidas e daí caminhar para o modelo final. Eu, como sempre vou contra a maré e repito: defina quem é você, respeite esta resposta e o seu bouquet se mostrará. Já parou pra pensar que pra todos estes modelos serem hoje “tendência”, alguém teve que ousar mostrando o seu estilo ? Alguém ousou ser diferente, não tradicional e outras noivas se inspiraram. Por essa linha de pensamento você entende como surgem tantas e tantas novidades neste nicho.

blog da manu gonçalez bouquet 04

Entenda, eu não sou contra a inspiração através de fotos de bouquets já feitos, eu só defendo a bandeira de olhá-los, admirá-los e então mudá-los (adequando-os para o seu perfil) ! rsrsrsrs Seja VOCÊ a tendência do seu casamento, não siga tendência, DITE tendência e inspire muitas outras noivas apaixonadas que um dia viverão este grande momento, como você.

Abaixo algumas fotos de bouquets de noivas criativas ! Caso não seja este o seu caso, e você prefira um modelo mais clássico, tradicional, estilo “princesa” como também eu optei, não se recrimine … rs já, já tem post pra você !

blog da manu gonçalez bouquet 05