Bolo tagged posts

Um topo de bolo pra chamar de seu

Lembra da Rainha Victoria, que falamos no post “Vestido de noiva colorido: sim ou não ??” ? Pois é, assim como o vestido branco, o casal de noivinhos no topo do bolo também foi uma inovação advinda do casamento desta rainha inglesa com o príncipe Albert, em 1840. Uma personificação do pensamento de que o amor que eles nutriam um pelo outro os fazia “flutuar em nuvens”. Somente nos anos 90 é que eles chegaram aqui no Brasil, e a partir deste momento esta idéia se popularizou e atualmente é parte indispensável dos casamentos.

Com a criatividade dos noivos cada vez mais aflorada – e as empresas ávidas por atender  esta demanda por inovação e exclusividade, os noivinhos de biscuit têm sido colocados de lado para dar espaço a novas formas de traduzir a identidade dos noivos. Sim, porque um topo de bolo original nada mais é do que a vontade expressa do casal de se mostrar como realmente é: suas particularidades e estilo !

A escolha deste enfeite deverá seguir o espírito do casamento e estar em consonância com a dècor, ou seja, não caberá à exuberância de um casamento clássico um topinho handmade de crochê, que, em contrapartida, valorizaria ainda mais a mesa de um casamento rústico, no campo.

Reuní algumas opções para vocês se inspirarem, dentro do que está em alta neste nicho. A idéia é que os noivos decidam juntos o que mais se aproxima da essência deles, ou até, da história do casal, por exemplo: caso não usem bonequinhos personalizados, podem escolher “bichinhos” que tenham a ver com os apelidos carinhosos confidenciados na época do namoro, e por aí vai …

TOYART ou PAPERTOY: cada toy carrega consigo, além dos traços do seu dono, detalhes de roupas ou acessórios “de estimação” que o cliente queira reproduzir no personagem. Uma vantagem deste modelo é que pode ficar como enfeite no escritório ou dentro de casa, após a celebração.

blog manu bolo de casamento toyart(Paper Toy Art)

PAPEL: uma outra opção bem diferente e ainda mais delicada, que já caberia para um casamento um pouco mais clássico que o do estilo acima. Dos modelos mais atuais, estes seriam com certeza a minha escolha !

blog manu bolo de casamento papel(Concarta)

MADEIRA: aqui fica mais difícil a adequação dos bonequinhos às características dos noivos, então fica como uma opção romântica e divertida, para casamentos criativos.

blog manu bolo de casamento madeira(Pati Mendes / Nanda Teixeira)

GESSO ou ARGILA / VIDRO ou CRISTAL / PORCELANA: o primeiro para casamentos mais rústicos e os últimos para eventos formais.

blog manu bolo de casamento argila(Argila : Willow Tree / Gesso : Red Light Studio /  Cristal  e Porcelana : The Cake Top)

LÃ/ FELTRO / CROCHÊ: como são enfeites handmade, vem sendo utilizados principalmente nos últimos  mini weddings – em virtude da proposta do DIY.

blog manu bolo de casamento crochê(Crochê :  Maria Handmade / Lã e Feltro: Lily-baby-shopYu Yu Art )

Afinal, depois de tantas idéias conseguiu chegar a conclusão de qual topo de bolo tem mais a “carinha” de vocês ??!

Casamento na praia: as primeiras observações

Decoração Casamento na Praia

Casar na praia vem sendo a primeira escolha daqueles que desejam uma cerimônia autêntica e marcante. Seja pelo privilégio de presenciar a chegada do pôr do sol , que encanta a todos e embeleza o evento, o simples sussurro da maré ou o cair da noite em clima de romance – fato é que cada vez mais casais se rendem a este estilo de cerimônia.

Um detalhe que a maioria desconhece é que um casamento na praia só pode ser feito através de um Alvará da Prefeitura com autorização para a utilização do espaço escolhido, que geralmente é requerido e autorizado um mês antes do grande dia. Por este fato já percebemos que um evento neste estilo requer muita organização e disciplina no seu planejamento, e mais ainda, um estudo apurado das minúcias do local para que o casal não tenha surpresas desagradáveis no decorrer da cerimônia (por exemplo o comportamento instável da maré para aquele período).

Uma maneira de minimizar estes riscos é fazer o casamento na primavera (entre setembro e novembro), quando a temperatura está mais amena e não há tanta possibilidade de chuva, todavia, ainda assim o casal deverá manter um “plano B” caso haja mudanças climáticas bruscas e atípicas, como toldos, estruturas fixas de apoio e um local coberto anexo para que toda a recepção possa ser remontada neste espaço sem que a decoração seja prejudicada, e que comporte inclusive o DJ e os seus equipamentos eletrônicos.

casamento na praia 01

Um gerador por exemplo entrará em ação caso haja queda de energia elétrica, e manterá a comida (geralmente fresca) refrigerada.

Outrossim, como você estará exposto aos olhares de “estranhos”, visto que o evento se dará em local público, muitos buscam contratar um segurança particular. Uma outra observação importante é a necessidade da presença ininterrupta de um salva-vidas,  para o caso de convidados mais exaltados insistirem em mergulhar depois do excesso de bebida alcoólica.

Importante também verificar a existência de banheiros suficientes no local, ou a necessidade de se contratar banheiros do tipo “container”ou químicos, evitando assim constrangimentos maiores para todos os convidados.

Com relação a decoração, esta não necessariamente precisa ser baseada no conceito náutico, todavia, muitos se aproveitam deste tema quando da escolha da paleta de cores, no intuito de valorizar o “fundo” azul e verde ao redor.

casamento na praia 03

As flores devem ganhar atenção especial principalmente se você optar por casar em meses quentes, quando o calor e o sol fortes as farão murchar rapidamente – converse com a sua decoradora ou o seu florista sobre as opções mais resistentes para a data do seu casamento.

casamento na praia 04

Como festas na praia pedem sabores e texturas mais leves, uma boa pedida são os bolos com sabores de fruta (abacaxi, limão, maracujá) ou os bolos adornados com frutas frescas (por exemplo um bolo de ganache de chocolate coberto com morangos). Uma outra opção é utilizar as mesmas flores do bouquet, ou alguma flor presente na festa, para trazer identidade visual com a dècor.

casamento na praia 07

As bebidas devem ser as mais variadas possíveis, para que você possa agradar a todos os paladares, mas como o ambiente é natural não deixe de acrescentar sucos de frutas diversos e bebidas exóticas (os famosos drinks e coquetéis) que darão um colorido sofisticado e sabor atraente a sua festa.

casamento na praia 06

O cardápio seguirá a gosto do casal, mas como o ambiente já sugere o ideal é servir pelo menos um prato à base de peixes ou frutos do mar. Lembre-se de adicionar uma segunda opção para aqueles que não apreciam estas iguarias (massas, saladas ou outro tipo de carne). Atenção redobrada também aos doces e pratos que levam frutas ou itens que azedam e com os chocolates para que não derretam. A refrigeração deve ser adequada à recepção prevista !

E no mais, seja gentil com os seus convidados: disponibilize repelentes, assentos seguros para que ninguém caia na areia e deixe claro no seu convite o dress code correto para que todos permaneçam confortáveis durante o evento.

Casamento na Praia

Para outras inspirações sobre este tema acesse o álbum “Casamento na Praia”, lá na minha fan page, basta clicar no link presente aqui no blog !